IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Agricultoras/es abraçam a proposta do Saneamento básico rural apropriada ao Semiárido

Agricultoras/es abraçam a proposta do Saneamento básico rural apropriada ao Semiárido

A rotina do agricultor José Ribeiro de acordar cedo e ir cuidar dos animais e do roçado, foi alterada na última quinta-feira (26), por um motivo muito especial: adquirir novos aprendizados. “Eu acho importante vim [para a formação], a gente tá aprendendo”, declara o agricultor, que foi um dos participantes da formação sobre Saneamento Básico Rural, realizada pelo Irpaa, na comunidade Caldeirãozinho, em Uauá.

Seu José faz parte de uma das 20 famílias beneficiadas com tecnologia social de coleta e tratamento do esgoto e de reúso de água, composto de reator anaeróbico, seguido de lagoas de polimento. Através do sistema de tratamento de águas totais as famílias estão aproveitando as águas de uso doméstico que saem do chuveiro, das pias e dos vasos sanitários, para irrigar plantas forrageiras e frutíferas cultivadas nos quintais produtivos, gerando uma alimentação saudável para família e animais, além de contribuir na renda. “A gente guardava água nos galões para molhar as plantas... Antes a gente gastava a água do próprio consumo e hoje ela [água de reuso] tá sendo reutilizada para molhar as plantas. Teve uma economia na conta da Embasa de mais de 50%”, argumenta o jovem Rafael Muniz, que há aproximadamente dois meses foi beneficiado com a tecnologia Reator UASB.

Reúso das águas como política pública e instrumento pedagógico


Od ebate do saneamento básico rural apropriado à realidade climática do Semiárido Brasileiro foi um dos pilares da formação em Caldeirãozinho. “A tecnologia em si permite fazer o tratamento do efluente da casa, mas a família precisa estar sensibilizada que aquela tecnologia é para discutir como a questão do saneamento básico dialoga com a Convivência com o Semiárido (...) como a tecnologia é uma ferramenta importante para mitigar os efeitos das mudanças climáticas”, defende Wermerson Cardoso, colaborador do Irpaa que o projeto na comunidade.

Em consonância com a proposta do Irpaa, José Camelo da Rocha, assessor técnico da AS-PTA, uma Organização Não-Governamental da Paraíba, acredita que a experiência do saneamento básico rural apropriada defendido pelas Ongs pode ser transformada em políticas públicas e que o envolvimento das famílias nesse processo é primordial. "A família precisa olhar esse sistema não apenas com estrutura física, mas uma estrutura capaz de refletir sobre o potencial que tem essa água para o desenvolvimento da agricultura familiar”, argumenta Rocha.

Intercâmbio

A participação de José Camelo da Rocha na formação fez parte da programação do intercâmbio interestadual realizada pela AS-PTA, PATAC e do Polo Sindical da Borborema, entidades que atuam no estado da Paraíba. A visita teve como objetivo conhecer o trabalho do Irpaa com o tratamento do esgoto total, uma vez que a AS-PTA já desenvolve junto com as famílias a implementação de tecnologias para tratar as águas cinzas.

Segundo José todo o debate que o Irpaa vem realizado na pauta do saneamento básico rural apropriado em parceria com as comunidades, vai ajudar os visitantes a debaterem a temática com as famílias no território do Polo Sindical da Borborema. A parceria o Irpaa com as Escolas Famílias Agrícolas foi outro elemento que despertou a atenção do visitante para a possibilidade de “estar refletindo com o poder público como a gente pode fazer esse trabalho nas escolas rurais para também aproveitar a água, inclusive orientar os próprios alunos para se preocupar com as questões da Convivência com o Semiárido, a começar pelo uso e manejo da água”, declara José.

Essa atividade formativa faz parte das ações do executado pelo Irpaa, que tem por objetivo trabalhar a proposta de Convivência com o Semiárido e Adaptação às Mudanças Climáticas, com investimento do Governo alemão, intermediado pela Cáritas Alemã.

Texto e foto: Eixo Educação e Comunicação do Irpaa
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Agricultoras/es abraçam a proposta do Saneamento básico rural apropriada ao Semiárido

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005