IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Uma proposta de ATER diferenciada

Uma proposta de ATER diferenciada

Desenvolver um trabalho de assessoria de acordo com os princípios agroecológicos que enfocam a dimensão humana. Essa é a base do projeto ATER, Assessoria Técnica e Extensão Rural, desenvolvido pelo Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada-IRPAA, que consiste num trabalho diferenciado com base no diálogo e na troca de experiências entre o saber popular dos agricultores familiares e o científico.

 

Uma série de ações norteia o projeto, como organização de eventos e visitas às comunidades. Dessa maneira, o ATER proporcionará a cada família a possibilidade de desenvolver e aperfeiçoar por conta própria sua tecnologia, buscando soluções e alternativas de convivência com a região semiárida.

 

O projeto, financiado pelo Governo do Estado da Bahia, pretende valorizar os saberes desenvolvidos pelos moradores do Semiárido na vida cotidiana através de várias gerações, o que garante a permanência das comunidades tradicionais, principalmente dos Fundos de Pasto.

 

Durante os dias 03 a 08 deste mês toda a equipe de profissionais do IRPAA esteve reunida no Centro de Treinamento Vargem da Cruz, localizado no bairro Jardim Primavera, para capacitar os novos profissionais do projeto e trocar experiências com base na proposta de Convivência com o Semiárido.

 

Dinâmicas, músicas regionais, exibição de vídeos, aulas de campo e místicas dinamizaram as explanações acerca da instituição, sua filosofia e objetivos, bem como sobre o projeto de assessoria, proporcionando aos mais novos integrantes da Instituição conhecimentos diferenciados.

 

De acordo com o técnico Josemário Gonçalves da Silva, a vivência da hidroestesia foi um momento de muita satisfação: “eu observava, mas não tinha noção de como fazer. Descobrir que tenho sensibilidade para achar água subterrânea foi maravilhoso, é mesmo muito interessante”, afirma.

 

Para o jovem Fabrício Nascimento (23) a explanação sobre água foi o momento mais marcante: “conhecer o ciclo da água através dos panos ilustrados, das dinâmicas da chuva e das músicas foi muito proveitoso”.

 

Elementos como água, terra, produção e criação foram reforçados a cada explicação como a base de trabalho do IRPAA, que comemora 20 anos de existência na busca pela consolidação da proposta de Convivência com o Semiárido. Tal filosofia é, também, o pilar da Assessoria Técnica contextualizada às peculiaridades dessa região.

 

Mensagens contidas nas canções regionais envolveram o grupo em volta de sorrisos e da satisfação de fazer parte do campo, fortalecendo a identidade coletiva, a autonomia dos grupos e a perspectiva de mudança com justiça social.

 

Como narra a canção Terra Prometida: “ o Nordeste é a terra prometida aos nordestinos... doce lar, grata terra onde correm o leite e o mel”.

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Uma proposta de ATER diferenciada

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005