IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Evento na Argentina debate a educação comunitária

Evento na Argentina debate a educação comunitária

Representantes de 14 países participaram de uma Missão e do III Congresso Internacional das Escolas em Alternância, realizado entre os dias 28 de abril a 05 de maio, na Província de Misiones, na Argentina. O evento foi organizado pela Associação Internacional dos Movimentos e Escolas de Alternância e teve como pauta principal o fortalecimento da educação comunitária.

Para o Tiago Pereira, que esteve no evento representando o Irpaa, o congresso foi importante para “discutir as problemáticas atuais da educação comunitária e, partir disso, apontar caminhos concretos, articulados no movimento internacional, nacional e regional, tendo em vista o contexto de crise mundial, que tem afetado hoje as experiências de educação no campo, as experiências pedagógicas inovadoras de educação contextualizada”.

Integrando uma delegação com representantes de países das Américas, Europa e África, Tiago e mais dois integrantes de EFAs do Brasil visitaram experiências exitosas com jovens egressos de Escolas Famílias Agrícolas em sistemas de produção da agricultura familiar e produção orgânica. O grupo visitantes conheceu jovens que investiram na criação de galinhas, horticultura, suinocultura e compostagem. Também foram debatidas formas de viabilizar o apoio governamental às EFAs, sem que isso interfira na metodologia de ensino que as escolas desenvolvem a quase 100 anos. “A questão central do debate foi ampliar a oferta de acesso a educação com fomento público, sem perder a autonomia pedagógica e política”, comenta Tiago.

Segundo o representante do Irpaa e da entidade que assessora a Rede das Escolas Famílias Agrícolas Integradas do Semiárido – Refaisa, nas EFAs “os jovens têm acesso a outros temas que não são comuns na escola convencional”. Estes temas, são princípios da educação comunitária e da pedagogia da alternância, porém estão ameaçados pelas recentes mudanças feitas pelo governo brasileiro. Tiago cita como exemplo a reforma do ensino médio, que reduz a educação profissional de quatro para três anos, enquanto na Argentina, por exemplo, essa formação é realizada em cinco anos. Tiago avalia que o exemplo argentino “é uma experiência interessante porque a partir disso o jovem ganha maturidade para encarar a vida socioprofissional”.

Ainda de acordo com o representante do Irpaa, as EFAs têm um custo altíssimo para manutenção do modelo de educação que desenvolve com estudantes que, se não estivessem em escolas comunitárias, ocupariam vagas na rede pública de ensino. Entretanto, as EFAs têm muita dificuldade de acessar os recursos públicos para a oferta de ensino gratuito e de qualidade.

Surgimento das EFAs

Após sua criação na França, na década de 30, o modelo de educação comunitária avançou ainda na mesma década para a Itália e depois chegou a países da África e América do Sul. No Brasil a chegada das EFAs se deu na década de 60 e tinha a missão de assegurar a educação integral e a organização comunitária em regiões diversas do país, através de um sistema comunitário, com o protagonismo das famílias na gestão e educação dos filhos/as. Na Bahia, a primeira escola foi implantada em Brotas de Macaúbas.

Na Argentina existem aproximadamente 170 EFAs, enquanto no Brasil são 230 (EFA e Casa Familiar Rural - CFR), que adotam a Pedagogia da Alternância, desenvolvendo a formação de jovens através de atividades realizadas nos tempos Escola e Comunidade.


Texto: Comunicação do Irpaa
Fotos: Tiago Pereira – colaborador do Irpaa 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Evento na Argentina debate a educação comunitária

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005