IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Agricultura orgânica e agroecologia são fortalecidas com evento no Vale do São Francisco

Agricultura orgânica e agroecologia são fortalecidas com evento no Vale do São Francisco

Agricultoras/es, professoras/es, pesquisadoras/es e estudantes se reuniram entre os dias 18 e 20 de setembro, em Juazeiro-BA e Petrolina-PE, durante a I Semana da Agricultura Orgânica, Agroecológica e Segurança Alimentar e Nutricional. O objetivo do encontro foi promover o amplo debate sobre questões referentes a agricultura orgânica e agroecológica, como assessoria técnica para irrigantes e agricultoras/es urbanas/os, certificação e estratégias de comercialização.


O agricultor Valmir de Oliveira, conhecido como Seu Vavá, apresentou a experiência de produção orgânica e comercialização realizada pela Coopervida (Cooperativa Agropecuária Familiar Orgânica do Semiárido). Seu Vavá defendeu durante sua apresentação na mesa “Circuitos curtos de comercialização e certificação orgânica” que “o produto tem que estar onde o consumidor está”.


Segundo seu Vavá a Coopervida tem dinamizado a comercialização visando atender um número maior de consumidoras/es. As estratégias envolvem a compra diretamente na roça, entrega em domicílio e local de trabalho, venda nos bairros, comunidades rurais e na loja da Central da Caatinga. “Isso tem ajudado o consumidor a consumir um produto que venha atender a necessidade nutricional”, justifica o agricultor.


Outra ideia que a Coopervida tem defendido é o que Seu Vavá chama de “consumo organizado”, um jeito de acessar produtos de qualidade e conhecer a forma de produção. A ideia passa pela organização para compra e venda, pelo conhecimento e a relação de confiança entre produtor/a e consumidor/a. “O consumidor sabe o que está comendo, sabe como foi produzido, a origem, onde vai encontrar o produto, quem é o produtor”, detalha Seu Vavá, que ainda sugere a criação de grupos de consumidores para compras coletivas.


Para agrônoma Maíra Costa, integrante do grupo Sertão Agroecológico, o evento “foi um momento de fortalecer a Rede Territorial de Agroecologia do Sertão do São Francisco... Foi um momento importante para discutir o que está acontecendo de produção orgânica, agroecologia, a comercialização, trazer as discussões pertinentes ao fortalecimento da rede e dessas temáticas e um momento de interação”, explica Maíra, que contribuiu na organização do evento.


A integrante do Sertão Agroecológico vê como positivo os encaminhamentos e propostas advindas dos debates. Uma das definições do coletivo é de “ter maior inserção com representantes públicos”. A agrônoma destaca a qualidade do debate sobre o que é comida de verdade e como isso se relaciona com a nossa saúde. “Um evento como esse ressalta a importância de produzir comida sem agrotóxico”, afirma Maíra.


Merenda de qualidade


O Vereador pelo Partido dos Trabalhadores de Petrolina, Gilmar Santos falou sobre a lei 2913 que obriga as escolas a ter um percentual mínimo de alimentos orgânicos e /ou agroecológicos no cardápio. A lei, de acordo com Gilmar “é uma conquista da sociedade, dos movimentos da agroecologia, dos produtores de orgânicos”, diz o vereador, reconhecendo o mérito do esforço coletivo.


De acordo com Gilmar, a lei prever que em 5 anos 50% dos alimentos servidos na merenda escolar em Petrolina sejam orgânicos e/ou agroecológicos. “A partir de 2017, 10% dos alimentos que são usados na merenda escolar deve ser oriundo da agricultura orgânica ou agroecológica”, detalha Gilmar.


O vereador diz que a quantidade de alimentos saudáveis na merenda aumentará gradativamente e que pode chegar à totalidade do que é servido. Para tanto seria necessário que “os movimentos sociais e a população de maneira geral possam chamar a atenção da gestão municipal de Petrolina para alcançar 100% de alimentação saudável para as/os estudantes da rede municipal”, explica.


A “I Semana da Agricultura Orgânica, Agroecológica e Segurança Alimentar e Nutricional” ainda debateu a necessidade de uma assessoria técnica especializada para áreas irrigadas e comunidades urbanas. Além de palestras, o evento realizado pela Rede Interterritorial do Sertão do São Francisco de Agroecologia e parceiros contou com intercâmbio e oficinas.


Texto e foto: Comunicação do Irpaa 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Agricultura orgânica e agroecologia são fortalecidas com evento no Vale do São Francisco

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005