IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Caracterização da Unidade Produtiva Familiar evidencia a importância da integração dos sistemas produtivos para o Bem Viver no Semiárido

Caracterização da Unidade Produtiva Familiar evidencia a importância da integração dos sistemas produtivos para o Bem Viver no Semiárido

A caracterização da Unidade Produtiva Familiar (UPF) é uma das etapas realizadas pelo Ater Agroecologia executado pelo Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa). A atividade está sendo realizada em 54 propriedades familiares, localizadas em 24 comunidades rurais assessoradas pelo projeto nos seis municípios de atuação: Casa Nova, Curaçá, Juazeiro, Pilão Arcado, Remanso e Uauá.

A etapa tem como objetivo levantar informações sobre potencialidades, experiências exitosas, identificar as dificuldades da UPF, relação social de gênero e divisão do trabalho, para que assim, possa ser elaborado um planejamento para contribuir com o sistema produtivo que a família mais se enquadra. Para isso, são realizadas as seguintes ferramentas metodológicas participativas: caminhada transversal pela propriedade, identificando as estruturas e os subsistemas produtivos; elaboração de um mapa da propriedade feito pelos membros da família; e uma linha do tempo com marcos históricos da família, a partir da chegada à propriedade.

O colaborador do Irpaa, Alessandro Santana, destaca que as informações obtidas junto às famílias sobre a realidade produtiva do agroecossistema familiar, o acesso dos membros das famílias às políticas públicas, a identificação das principais atividades econômicas, a mão de obra disponível, a escala e a sazonalidade da produção e comercialização entre outras, “vão servir de base para etapas posteriores do projeto, como o plano produtivo e o planejamento comunitário. Nessas atividades será construído junto com a família, um plano de ação, detalhando temas e práticas que serão discutidos e executados pelos técnicos e técnicas do Irpaa, nas visitas técnicas individuais e coletivas”, pontuou Alessandro.

A agricultora Maria Neves, moradora da comunidade Caiçara em Juazeiro, possui seis subsistemas de produção: ovino, suíno, caprino, galinha, quintal produtivo (forrageira e horta) e roçado. Mesmo com uma produção diversa, a agricultora só compreendeu a quantidade de subsistemas que possui na sua UPF, após a caminhada transversal e a realização do mapa da sua propriedade. “Hoje, como eu vi aqui no meu mapa, coisas que eu pensava que nem tinha, e tá tudo aqui, tudo bem organizadinho (...) pelo mapa que eu fiz aqui [percebi] que não precisa a gente sair daqui, da nossa comunidade, pra ir pra fora, trabalhar fora, porque aqui, na nossa comunidade dá pra você viver bem, no nosso Semiárido”, diz Maria.

Nesse sentido, a colaboradora do Irpaa, Daiane Dantas, destaca a importância de conhecer os subsistemas das UPF. “A gente consegue também perceber a relação desse subsistema, o que a família produz que vai para o consumo da família e o que vai para o mercado; como também os insumos, a relação que tem entre um subsistema e outro”. Esse visão possibilita a família enxergar a sustentabilidade presente na propriedade, a exemplo da pouca influência dos insumos externos, “a gente consegue perceber que o esterco vem do caprino e ovino e vai para a horta; o resto de cultura da horta alimenta as galinhas (...) porque um subsistema retroalimenta o outro. Quando existe isso, a dependência do mercado é menor”, exemplifica Daiane

O projeto Ater Agroecologia, financiado pelo Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e a Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) iniciou em setembro de 2020 e segue até setembro de 2023.

Texto e fotos: Eixo Educação e Comunicação
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Caracterização da Unidade Produtiva Familiar evidencia a importância da integração dos sistemas produtivos para o Bem Viver no Semiárido

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005