IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Manifestação marca Greve Geral no Vale do São Francisco

Manifestação marca Greve Geral no Vale do São Francisco

Em diversas cidades do Brasil hoje (14) o dia foi de manifestações. Trabalhadores/as e estudantes foram às ruas em defesa de direitos básicos que vem sendo retirados, prejudicando toda população, apesar de boa parte da mesma ainda não ter consciência dos impactos a médio e longo prazos.

No Vale do São Francisco, a Ponte Presidente Dutra mais uma vez foi o ponto de encontro da multidão composta por representantes de diversos segmentos dos municípios de Juazeiro, Sobradinho, Sento Sé e Casa Nova, na Bahia, e de Petrolina, em Pernambuco. A intenção da Frente Brasil Popular, organizadora do Ato Público ocorrido nesta manhã, é chamar atenção da sociedade para a sequência de decisões do governo Jair Bolsonaro (PSL), as quais impactam diretamente na vida das pessoas mais pobres.

Diante do que vem sendo aprovado ou posto em debate no Legislativo do país, a defesa da Previdência tem sido uma pauta central nas manifestações de rua que vem sendo realizadas desde maio. A atual proposta de Reforma mexe em todo Sistema da Seguridade Social e, se aprovada, irá acarretar uma série de prejuízos aos trabalhadores/as, sejam eles/elas da cidade ou do campo. Outro ponto de reivindicação dos atos públicos é a educação pública, que vem sendo atacada pelo atual governo, ao promover cortes de orçamentos e a drástica redução no financiamento de pesquisa.

Para a professora Márcia Guena, da Universidade do Estado da Bahia - Uneb, está nas ruas “é uma necessidade básica (...), ou o povo se organiza e reivindica os marcos mínimos que a gente tinha na educação, que precisavam, na verdade, de mais investimentos ou o país paralisa em termos de avanços nas possibilidades de ingresso da população mais pobre, dos negros nas Universidades, das conquistas dos últimos anos”. Márcia conclama as pessoas a despertarem para a perda de direitos constitucionais, a exemplo da educação.

O ato, que teve início na Avenida Adolfo Viana e encerrou nas imediações da Ilha do Fogo ao encontrar as/os manifestantes vindos/as de Petrolina por volta de meio dia, reuniu educadores/as, estudantes, agricultores/as, militantes de partidos e de movimentos sociais, além de sindicatos de diversas categorias de trabalhadores/as urbanos e rurais.

Para o agricultor Adailton Souza, a principal motivação para ele está se manifestando hoje é o descaso do atual governo com a população mais pobre. Ele considera inadmissível, por exemplo, “cobrar do trabalhador do campo, da mulher do campo, pagar a conta da Previdência. Nós não somos os culpados por esse rombo, o culpado é quem tem condições e que sonega”, argumenta.

Também presente na manifestação, o vereador de Petrolina Gilmar Santos (PT), chama atenção para o impacto que os municípios já vem sofrendo nesses primeiros meses de governo, sobretudo na economia. Ele cita que tem crescido as demissões nas empresas e a oferta de imóveis para venda ou aluguel devido ao fechamento de estabelecimentos comerciais nas cidades. Para ele, isso é “um reflexo de que esse governo vem para devolver nossa população ao estado de miséria que se tinha há 20, 30 anos atrás”.

Para as/os manifestantes, não é possível evitar está nas ruas, ocupar espaços públicos, ainda que isso cause alterações nas rotinas das pessoas, a exemplo dos congestionamentos no trânsito. “Pra nós hoje, vim pra rua é pra mostrar que a gente não concorda com essa política, uma política de destruição, uma política que simplesmente vem com o objetivo de fazer com que a classe trabalhadora venha para o retrocesso”, justifica o trabalhador.


Texto e fotos: Frente Brasil Popular – Juazeiro/BA


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Manifestação marca Greve Geral no Vale do São Francisco

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005