IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Experiência com produção coletiva de forragem prepara produtores/as para período de estiagem

Experiência com produção coletiva de forragem prepara produtores/as para período de estiagem

A produção de forragens para estoque, uma das práticas que facilita o manejo da criação durante o período da estiagem, já é uma realidade em Uauá. A iniciativa é da Associação Comunitária Agropastoril dos Pequenos Produtores de Lajes das Aroeiras, que está cultivando plantas como sorgo, andu forrageiro e milho de forma consorciada, em uma área adquirida pela associação em 2004.

O cuidado com a lavoura se dá de forma coletiva e planejada, muitas vezes a partir de mutirões. A irrigação é feita com água de uma barragem através de sistema de gotejamento, que gasta pouca água e reduz também a mão de obra. Os resultados desta prática são ainda poucos, pois o cultivo teve início recentemente, mas as famílias associadas já comemoram a conquista. “Assim a gente tá um pouco preparado pra mais um ano de seca, Deus nos livre de ter, mas se vier a gente está preparado”, diz Valdemar Rodrigues, um dos membros da associação que acreditou e se esforçou para tornar o projeto comunitário uma realidade em sua comunidade.

A primeira colheita foi de milho, usado como ração para os animais. A palha foi vendida, gerando um lucro de R$ 500, recurso investido na preparação do terreno para receber os novos plantios. Cerca de dez famílias estão sendo beneficiadas com a produção das forragens e já planejam expandir o projeto.

A partir de uma ação do Irpaa, foi construída ao lado da área da produção uma Unidade de beneficiamento e armazenamento da ração, além de um calçadão para secagem e trituração das plantas. Com investimentos da associação, as instalações estão sendo ampliadas, com vistas a garantir maiores resultados para a comunidade. “Mesmo com projetos, ajudas, a gente sabe que se a gente não faz, ninguém vai fazer pela gente”, afirma seu Valdemar.

O valor da Caatinga em pé!

A consciência da importância da Caatinga é visível no trecho percorrido até a área de cultivo das forragens. A vegetação densa e a não derrubada de árvores nativas na área dos 2 hectares irrigados mostra que a preservação do Bioma é uma preocupação das famílias. Além disso, na comunidade existe uma Unidade de Beneficiamento de Umbu, ligada à Coopercuc (Cooperativa Agropecuária Familiar de Uauá, Curaçá e Canudos), o que comprova a viabilidade do uso sustentável da Caatinga e da Convivência com o Semiárido para permanência das famílias do campo e melhoria da qualidade de vida das mesmas.

Veja aqui depoimento de Valdemar Rodrigues

 

Texto e fotos: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Experiência com produção coletiva de forragem prepara produtores/as para período de estiagem

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005