IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Agroecologia, elemento importante para a Convivência com o Semiárido

Agroecologia, elemento importante para a Convivência com o Semiárido

Práticas agrícolas que se preocupam com o manejo e conservação do solo, uso racional dos recursos hídricos, entre outras ações que estão voltadas para o equilíbrio ambiental, são realizados por famílias que compartilham dos preceitos da agroecologia. O cultivo agroecológico vem sendo praticado pelos pequenos agricultores e agricultoras, sendo um grande aliado da agricultura familiar. Essa metodologia fortalece as técnicas do cooperativismo, associativismo e vai de encontro à prática do agronegócio, que persiste na produção de monoculturas e no uso de agrotóxicos degradando o meio ambiente.

A filosofia da agroecologia é uma das alternativas de Convivência com Semiárido. Moacir dos Santos, coordenador o Eixo Produção do Irpaa, ressalta que é necessário “pensar a agroecologia no Semiárido, seja de que forma eu posso produzir usando o mínimo de água, ou preservando , potencializando a capacidade que a natureza já tem de armazenar água” e que esse método resgata algumas tradições rurais, como a de troca de sementes entre agricultores/as, cooperação com a natureza e com a população, criação coletiva.

A agroecologia trabalha voltada para ações de sustentabilidade e respeitando as riquezas ambientais e as características de cada região. Com isso os agricultores e agricultoras precisam conhecer o clima, a fauna e flora da sua comunidade para implantar o cultivo e criação de animais que são adaptados ao meio ambiente no qual estão inseridos. Tem-se como exemplo a criação de bovinos como uma prática não ecológica para a região do Semiárido, pois o boi bebe muita água, enquanto as criações de caprinos e ovinos são mais apropriadas para a região.

Essas técnicas oferecem alternativas de trabalho aumentando a renda e melhoria da qualidade de vida para o/a agricultor/a familiar, além de garantir a preservação das plantas das região, a Caatinga, o beneficiamento das frutas e o cultivo coletivo, formando comunidades organizadas e fortalecidas, aumentando a quantidade e qualidade de seus produtos.

Segundo Moarcir Santos, a base para agroecologia na região é a Convivência com Semiárido, o que já vem sendo praticado há muito tempo pelos camponeses/as e agricultores/as e agora vem conquistando espaços de discussões nas universidades. Criação de cursos pós graduação, grupos de debate sobre práticas ecológicas com estudantes e professores do curso de ciências agrônomas e outras graduações, são alguns dos espaços acadêmicos conquistado por essa ciência.

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Agroecologia, elemento importante para a Convivência com o Semiárido

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005