IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Sabor e nutrição: PANCs atraem agricultoras/es para o debate de Segurança Alimentar

Sabor e nutrição: PANCs atraem agricultoras/es para o debate de Segurança Alimentar

Elas estão por toda Caatinga, nos canteiros, no quintal da casa e agora ocupando espaço nas mesas das famílias do Semiárido. As Plantas Alimentícias Não-Convencionais – PANC’s, geralmente vistas apenas como fonte de alimento para os animais ou consideradas como "mato" e "invasoras", começam a ganhar destaque na elaboração de cardápios e no debate da Segurança Alimentar e Nutricional.

As PANC’s são alimentos com alto valor nutricional e de fácil acesso, que na maioria das vezes crescem espontaneamente junto com outras plantas. “Tá no muro da sua casa e você não sabe que faz bem pra saúde”, declara a jovem Camila Silva Araújo, participante do encontro comunitário do projeto Bahia Produtiva. A reunião aconteceu nesta terça-feira (17) na comunidade Nossa Senhora das Graças, interior de Casa Nova, envolvendo mulheres, homens e jovens com o debate ao direito de produzir e consumir alimentos saudáveis.

Um dos caminhos para ampliar o leque de alimentos naturais e altamente nutritivo é a inserção das PANC’s na criação de pratos. Além do seu potencial nutricional, essas plantas resgatam saberes tradicionais e contribuem para a agrobiodiversidade local. Nesse sentido, o encontro apresentou e estimulou as/os agricultoras/es a valorizarem as PANC’s. “As Plantas Alimentícias Não-Convencionais são muito comuns na nossa região, principalmente as plantas da Caatinga, só que não tem a valorização devida (…) e as plantas da Caatinga tem um alto potencial nutricional e isso é aproveitado agora dentro do projeto [Bahia Produtiva], através do incentivo ao consumo dessas plantas”, argumenta um dos facilitadores da atividade e colaborador do Irpaa, Álvaro Luiz.

Para conhecer algumas dessas plantas, as/os agricultoras/es junto com a equipe do Irpaa, produziram três receitas utilizando a palma, beldroega e a moringa. “Quando nós começamos [preparar a receita] tava parecendo aquelas brincadeirinhas de crianças, aí depois eu fui vendo, foi ficando bonito, os pratos foram saindo ótimos, gostei muito (...). Na Semana Santa vou fazer para os familiares”, declara a agricultora Ana Maria Ferreira da Silva. A partir dos novos aprendizados, Ana Maria e demais presentes demonstraram o desejo de incluir as PANC’s na alimentação e mudar alguns hábitos alimentares. “Eu não sou muito de verdura não, agora eu acho que consigo mudar algumas coisas (…), vou diminuir o sal, o refrigerante que tem muito ácido, óleo”, relata a jovem Camila, que participou pela primeira vez do debate sobre segurança alimentar.

O agricultor Antônio Santos da Silva relatou que esse é o segundo momento dentro do projeto que é discutido a alimentação e a partir desses conhecimentos ele já abandonou o consumo de alguns alimentos, a exemplo do sal, a mortadela, o frango, o óleo, dentre outros. Ele ainda argumenta a importância de compartilhar esses conhecimentos: “eu gostaria de levar pra outras pessoas ter o conhecimento porque é bom pra nossa saúde”, frisou o agricultor.

Guardiãs e Guardiões das PANC’s

Para estimular o uso das PANC’s o projeto entregou mudas e sementes de plantas para reprodução, no intuito de disseminar essas espécies nas comunidades. “Plantas e sementes foram entregues para um guardião de cada território (…), o papel desse guardião é cultivar essas plantas em sua comunidade e depois quando estiverem na condição de reproduzir, seja feita a reprodução dentro de canteiros da própria comunidade”, explica Álvaro Luiz. Essa iniciativa potencializa o direito à produção e consumo de alimentos saudáveis

A atividade é uma ação do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional - CAR, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, com recursos do Governo da Bahia e do Banco Mundial.

Texto e fotos: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Sabor e nutrição: PANCs atraem agricultoras/es para o debate de Segurança Alimentar

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005