IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Empreendimentos coletivos no Semiárido realizam estudo de viabilidade para investir em estruturação produtiva

Empreendimentos coletivos no Semiárido realizam estudo de viabilidade para investir em estruturação produtiva

Entender como deve calcular o custo da produção para assim ficar mais claro os lucros e as vantagens de beneficiar frutas foi um dos aprendizados citados pela agricultora Vera Lúcia Felix de Brito, da comunidade de Serra Bonita, município de Palmeiras dos Índios, em Alagoas. Ela participou do estudo de viabilidade voltado para Unidade de Beneficiamento de frutas, uma ação do Projeto Semiárido Produtivo, que é executado pelo Irpaa na comunidade.

Os estudos estão sendo realizados em 22 empreendimentos acompanhados pelo projeto e visam discutir e encaminhar a melhor forma de investir recursos em iniciativas coletivas que estão sendo apoiadas nos estados de Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Piauí e Bahia. Em Serra Bonita, no primeiro ano de execução do projeto, a comunidade aprovou que os investimentos seriam voltados para uma Unidade de Beneficiamento de frutas já existente na comunidade. Agora com o estudo fica mais clara “a nossa capacidade de produção (…), a oportunidade de dá uma melhor qualidade no espaço produtivo, de vender melhor nosso produto”, pontua Vera Lúcia, que é integrante do grupo de produção de polpa e da comissão de vendas em feiras.

De acordo com o coordenador do projeto, Paulo César de Jesus, a partir do estudo, as associações e cooperativas que estão sendo contempladas, irão poder contar com um documento “que sustente a proposta do investimento, mostrando a viabilidade desse investimento, mostrando quais são os caminhos que devem ser percorridos, o que é possível alcançar, o que vai gerar de resultados”. Os recursos serão investidos em construções e aprimoramento de espaços como Unidades de Beneficiamento, Casas de Mel, Pontos de comercialização da agricultura familiar.

Após a sistematização do estudo, a próxima etapa dará conta da legalização ambiental e fundiária dos locais onde estarão situadas as obras. Em seguida está prevista a elaboração das plantas arquitetônicas para que no segundo semestre deste ano possam ter início as primeiras construções, conforme informou Paulo César. “Eu entendo que o Projeto Semiárido Produtivo vai ser aquele salto que a gente não conseguiu dá até agora, por isso a gente confia bastante nessas possibilidades”, externa Vera Lúcia.

Paulo César destaca que “é um investimento que vai gerar trabalho, renda, principalmente para as mulheres e para os jovens”. Ele avalia como positivo o engajamento da comunidade nessa etapa atual do projeto: “estão participando bastante, porque é um projeto que a gente não tá trazendo pronto, a gente tá construindo junto com eles, então eles estão dando sugestões, dialogando, dizendo o que é bom e o que não é”, declara Paulo César.

Outra integrante do grupo que já beneficia as frutas, Salete Barbosa, da comunidade de Serra das Pias, menciona o momento do estudo de viabilidade como importante para perspectivas futuras, especialmente com relação as possibilidades de mercado. Para ela, o grupo estava muito preso ao mercado institucional, a exemplo do Programa Nacional de Alimentação Escolar – Pnae, mas a partir do estudo estão percebendo outros canais de comercialização nos quais o grupo deve apostar.

O projeto Semiárido Produtivo é executado a partir de contrato do Irpaa com o Banco Nacional de Desenvolvimento  Econômico e Social – BNDES, tendo início em 2017. Toda ação do projeto é voltada para Convivência com o Semiárido, contando com ações de formação e investimentos para potencializar o aspecto produtivo da família ou comunidade. A finalização do projeto está prevista para 2020.

 

Texto: Comunicação Irpaa

Fotos: Eixo Produção

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Empreendimentos coletivos no Semiárido realizam estudo de viabilidade para investir em estruturação produtiva

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005