IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

2ª edição de Feira realizada no Salitre fortalece Agricultura Familiar

2ª edição de Feira realizada no Salitre fortalece Agricultura Familiar

A segunda edição da Feira de Agricultura Familiar e de Caprinos e Ovinos do Vale do Salitre aconteceu de 31 de agosto a 02 de setembro na sede do distrito de Junco e reuniu uma diversidade de elementos produtivos e culturais comuns à ralidade das comunidades e do Semiárido de modo geral.

Realizada pela União das Associações do Vale do Salitre – UAVS e pela Prefeitura Municipal de Juazeiro, o evento teve início com a abertura do parque de exposição de caprinos e ovinos e da área de estandes para visitação do público, além de apresentações culturais que abrilhantaram a noite do primeiro dia da Feira.

Artesanatos, alimentos como doces, sequilhos, bolos e lanches em geral, produtos orgânicos in natura coloriram a área dos estandes oriundos em sua maioria de comunidades do Salitre. Jucilene Anastácia, que integra grupo de mulheres da comunidade de Bebida e produzem os “sequilhos da vovó” disse que participou pela segunda vez da Feira e esse ano trouxe novidades, a exemplo dos sequilhos com rapadura. Para ela, isso ajuda muito na renda das mulheres, uma vez que as vendas foram avaliadas como positivas. A Feira acaba sendo também um espaço de divulgação, o que potencializa o trabalho do grupo que no dia a dia recebe encomendas e procura atender a clientela da melhor forma.

Outra expositora, Nilmária Capistana, levou peças em crochê e se diz muito grata em participar pela primeira vez do evento. “O que eu mais buscava era a divulgação do meu trabalho e eu tô conseguindo, muitas pessoas estão se interessando, dizendo que vai encomendar e isso pra mim é mais importante até que a própria venda, mas eu também estou conseguindo vender bastante coisa”, revela a jovem.

Com a intenção de também contribuir com o evento ao expor seus animais, mostrando que a caprinovinocultura é uma atividade viável no Vale do Salitre, o produtor Josemar Santos de Oliveira, da comunidade de Goiabeira, diz que “a ideia da gente é tá movimentando nossa comunidade, nossa região (…). O intuito da gente não é só comercializar e sim expor nossos animais” e assim valorizar o evento.

Estandes de serviços como saúde, assessoria acerca de programas sociais e orientações e atividades voltadas para a Convivência com o Semiárido também chamaram atenção do público visitante da Feira que, de acordo com estimativas da polícia Militar, durante os três dias de Feira somou mais de dez mil pessoas.

Agricultura Familiar

O conceito de Agricultura Familiar reúne diversos elementos para além da agricultura em si, a exemplo da pecuária, do artesanato, da economia solidária e o cuidado com a valorização das tradições e cultura local. A UAVS tem buscado incluir na programação da Feira manifestações populares do Salitre como as danças populares, o museu e outros elementos antigos e novos da cultura local.

“O município de Juazeiro está muito feliz com a realização da Feira, nós acreditamos muito no potencial econômico e turístico do Vale do Salitre e esse potencial está presente aqui na Feira com seu jeito, sua forma de fazer, com a cultura local”, menciona Tiano Félix, secretário da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária – ADEAP, órgão da prefeitura de Juazeiro responsável pela realização da Feira em parceria com a UAVS.

Mineia Clara, presidenta da UAVS, avalia a Feira como “um sucesso, valeu o empenho de todos e todas na luta em defesa da agricultura familiar”. Ela reconhece que apesar do evento ter saído conforme planejado, o fato de está na segunda edição mostra que “temos muito a caminhar, trazendo mais ideias, mais inovações, mostrar um pouco para o povo do Salitre que ele pode sim investir no empreendedorismo rural e social”, considera Mineia.


Participação das mulheres

Na Comissão organizadora da Feira, chama atenção o número de mulheres salitreiras envolvidas com a construção do evento. Além disso, os estandes em sua maioria contam com mulheres à frente do processo de produção e também de apresentação e comercialização do produto. Essa realidade é também percebida em boa parte das Associações que hoje contam com mulheres nos cargos de presidência.

Na opinião da expositora Nilmária Capistana esse tipo de iniciativa como a realização da Feira fortalece a renda, sobretudo das mulheres, e observa: “minha arte é direcionada totalmente para mulheres (…) e percebe-se que a maioria das pessoas que está tomando conta das bancas é mulher e o público-alvo também a maioria é feminino, isso é muito bom”. A artesã também pontua que apesar da base da economia do Salitre ser a agricultura, hoje muitas mulheres agricultoras estão apostando também no artesanato como complemento á renda.

O evento encerrou na noite do domingo com show de forró, depois de apresentação de roda de São Gonçalo, bumba meu boi e muita movimentação na área de exposição dos animais e dos estandes. A II Feira da Agricultura Familiar e de Caprinos e Ovinos do Vale do Salitre contou com o apoio do Irpaa, STR, Carrapicho Virtual e Coafju.

Texto: Comunicação Irpaa
Fotos: Comunicação Irpaa e Carrapicho Virtual


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

2ª edição de Feira realizada no Salitre fortalece Agricultura Familiar

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005