IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Economia Solidária é fonte de renda para famílias rurais

Economia Solidária é fonte de renda para famílias rurais

O projeto PLANSEQ-ECOSOL é um Plano Setorial de Qualificação Social e Profissional em Economia Solidária executado pelo IRPAA e financiado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) através do Fundo de Amparo ao Trabalhador - FAT. Está dividido em três fases.

 
A primeira visa à qualificação de 375 trabalhadores/as rurais dos estados do Piauí, Pernambuco e Bahia, articulados na Rede Sabor Natural do Sertão. A segunda fase consiste nos seminários de intercâmbio e experiência, proporcionando a troca de conhecimento entre agricultores/as e técnicos. Na terceira e última fase, serão realizadas oficinas pedagógicas e de formação de educadores.


Ao todo foram organizadas 15 turmas nos três estados. Em cada uma delas, cerca de 25 a 30 agricultores e agricultoras familiares aprenderam sobre temas específicos, divididos em módulos:


1 - Convivência com o Semiárido e Beneficiamento da Produção;
2 - Certificação e registro de produtos;
3 - Comercialização e marketing;
4 - Gestão e plano de negócio. 


O conteúdo abrange tanto atividades teóricas, quanto práticas, e traz o diferencial das alternâncias, momentos nos quais os educandos desenvolvem o que aprenderam sem a presença do educador.

 

Imagens de Alternância: em Casa Nova, mulheres produzem beijus coloridos; em Sento-Sé, os doces são o grande destaque.

 


Durante a execução do primeiro módulo, os grupos já demonstravam satisfação em participar das atividades. Nos encaminhamentos do encontro, os educandos ressaltaram a vantagem de utilizar o projeto como base para o desenvolvimento das atividades diárias: “em casa, na organização (associações, cooperativas e grupos informais), da propriedade e na preservação do meio ambiente”, ressalta o grupo da comunidade Saco de Santana, pertencente ao município de Correntina.


Nos municípios de Irecê, Ruy Barbosa, Brotas de Macaúbas, Riacho de Santana, Caetité, São Raimundo Nonato, Sento-Sé, Remanso, Uauá, Bonfim, Correntina, Boa Nova, Mirandiba, Curaçá e Casa Nova os participantes retornam para as comunidades com perspectivas melhores, gerando trabalho e renda nas localidades a partir do aproveitamento do potencial produtivo local, beneficiando culturas temporárias como a mandioca, frutas nativas (maracujá da caatinga, umbu, jenipapo, pequi, caju, entre outras) e na sazonalidade beneficiando as frutas exóticas (manga, goiaba, banana, abacaxi, etc). Como resultado, temos a produção de deliciosos doces em calda, cremoso, de corte, geléia, oferecendo ao consumidor produtos sem conservantes e aditivos, manuseados de acordo com as normas das Boas Práticas de Fabricação, afirma o educador Tiago Costa, colaborador do IRPAA.

 

Em Correntina, dinâmicas de grupo animam os educandos durante a apresentação do I Módulo do Projeto; ao lado das agricultoras de Caetité, o educador Tiago troca experiências sobre Convivência com o Semiárido e Beneficiamento da Produção.

 

 
Os seminários de intercâmbio e troca de experiência e as oficinas pedagógicas também integram as ações do projeto. Irecê, Caetité, Juazeiro e Remanso foram os locais escolhidos para a realização dos Seminários, reunindo agricultores e agricultoras de outras cidades dos estados contemplados.


Das oficinas, duas já foram realizadas, nas cidades de Ibotirama e Juazeiro, para a formação de educadores em Rede de Economia Solidária. As outras três estão previstas para acontecerem em Remanso, Senhor do Bonfim e Irecê, com a temática formação em redes de Economia Solidária. O público-alvo são os grupos produtivos da Rede SABOR NATURAL DO SERTÃO, com objetivo de fortalecer o cooperativismo e associativismo regional.

 
As atividades do Projeto começaram em abril de 2009 por meio das qualificações, com carga horária de 200 horas-aulas por turma. Até setembro deste ano,  o IRPAA, por meio do Plano Setorial de Qualificação Social e Profissional em Economia Solidária, pretende formar mais de 700 multiplicadores/as de conhecimento, contribuindo para melhoria da qualidade de vida das populações do Nordeste através da geração de renda de maneira sustentável.


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Economia Solidária é fonte de renda para famílias rurais

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005