IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Ameaçados por barragens fazem protesto na Bahia

Desde a manhã de hoje (7 de maio) cerca de 400 famílias ameaçadas pela iminência da construção das barragens de Riacho Seco e Pedra Branca estão mobilizadas na comunidade Cerca de Pedra, no município de Curaçá/BA, contra a construção das duas usinas.

Dois funcionários da Companhia Hidroelétrica do Vale do São Francisco (Chesf), empresa interessada na construção das obras, foram impedidos de deixar a comunidade, depois de realizarem mais uma de suas visitas. Em assembléia, as famílias irão decidir quais serão as ações para amanhã e para os próximos dias.

O clima é bastante tenso no local e os agricultores alertam de que se, não forem respeitados em suas posições, novas ações serão realizadas. As famílias reclamam do método de trabalho realizado pela empresa: “a Chesf está fazendo o que chama de Reuniões Informativas e Oficinas Participativas, que pra nós não passa de uma forma de enganar o povo”, afirmou uma das lideranças dos trabalhadores.
Desde a manhã de hoje (7 de maio) cerca de 400 famílias ameaçadas pela iminência da construção das barragens de Riacho Seco e Pedra Branca estão mobilizadas na comunidade Cerca de Pedra, no município de Curaçá/BA, contra a construção das duas usinas.

Dois funcionários da Companhia Hidroelétrica do Vale do São Francisco (Chesf), empresa interessada na construção das obras, foram impedidos de deixar a comunidade, depois de realizarem mais uma de suas visitas. Em assembléia, as famílias irão decidir quais serão as ações para amanhã e para os próximos dias.

O clima é bastante tenso no local e os agricultores alertam de que se, não forem respeitados em suas posições, novas ações serão realizadas. As famílias reclamam do método de trabalho realizado pela empresa: “a Chesf está fazendo o que chama de Reuniões Informativas e Oficinas Participativas, que pra nós não passa de uma forma de enganar o povo”, afirmou uma das lideranças dos trabalhadores.

A argumentação da Chesf é a de que essas reuniões serão parte do Estudo de Impacto Ambiental. “No entanto, a forma como estão sendo realizadas ilude de que será muito bom. Mas o povo está alerta, tem vivo na memória os problemas de Sobradinho e farão de tudo para impedir a construção da barragem”, finalizou.

A Chesf é a gerenciadora da Barragem de Sobradinho, é uma das empresas ganhadoras do leilão de Belo Monte e está pleiteando a construção das barragens de Belo Monte e Riacho Seco. Os agricultores e agricultoras querem a suspensão imediata das reuniões e das oficinas que estão sendo realizadas nos municípios ameaçados pelas barragens.

A mobilização de hoje é continuação da Jornada de Lutas do 14 de março, quando os atingidos por Itaparica e Sobradinho e os ameaçados por Riacho Seco e Pedra Branca montaram acampamento na cidade de Sobradinho e ocuparam a sede da Chesf local.

Contato:
Movimento dos Atingidos por Barragens - (74) 9147 8282

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Ameaçados por barragens fazem protesto na Bahia

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005