IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Ato público em Casa Nova cobra agilidade nas investigações da morte de trabalhador rural

Um ano após o assassinato do agricultor José Campos Braga, no município de Casa Nova, centenas de pessoas realizaram na última sexta (29), um ato público para cobrar agilidade na apuração do caso. Zé de Antero, como era popularmente conhecido, foi mais uma vítima dos conflitos agrários do país. O trabalhador rural foi encontrado morto, em janeiro de 2009, na região de Areia Grande, vítima de disparos de arma de fogo.

 

Pela manhã, cerca de 600 pessoas, participaram de uma missa na Igreja Matriz de Casa Nova, no centro da cidade. Durante a celebração, amigos e familiares de Zé de Antero relembraram os difíceis momentos que enfrentaram, desde que foram inciados os conflitos pelas terras da Areia Grande.

 

A região de Areia Grande é formada por quatro comunidades de Fundo de Pasto onde residem aproximadamente 330 famílias, a área é cobiçada por grileiros desde a década de 80, quando a empresa Camaragibe S/A, conhecida nacionalmente pelo “Escândalo da Mandioca”, apropriou-se indevidamente das terras e deu inicio a um longo período de perseguiões e muita violência.

 

Convidado a falar durante a celebração, o agricultor e uma das referências da comunidade, o Sr. Quinquim , desabafou sobre a luta de anos para resistirem no local. “Aquelas terras pertenciam aos nossos antepassados e hoje é o nosso Fundo de Pasto, de onde tiramos nosso sustendo. Ela é nossa herança deixada pelos nossos pais, avós e familiares. Não podemos perder aquele pedaço de chão e nunca vamos abrir mão dele". 

 Após a celebração, todos caminharam pelas ruas da cidade

Após a celebração, os participantes caminharam pelas ruas da cidade levando faixas e cartazes que clamavam por justiça. A manifestação teve como objetivo chamar atenção das autoridades da cidade para a lentidão nas investigações e, principalmente, a punição dos culpados.

 

Leia mais sobre o caso Areia Grande...

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Ato público em Casa Nova cobra agilidade nas investigações da morte de trabalhador rural

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005