IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Para área rural “só vejo essa tecnologia: trabalhar com agua de chuva”, diz Diretor da ANA

Para área rural “só vejo essa tecnologia: trabalhar com agua de chuva”, diz Diretor da ANA

O diretor da Agênacia Nacional das Águas - ANA, Dalvino Franca, também trouxe contribuições para o 8º Simpósio Brasileiro de Captação e Manejo de Água de Chuva ao abordar temas como a relação entre a captação e a gestão das águas e o patrimônio cultural das nações.

Em sua fala, Dalvino relatou que a manutenção das dificuldades de acesso a água em muitas regiões decorrem de determinadas ações políticas que ainda a concentram os recursos hídricos do país em poucas mãos. “Água é um instrumento de poder”, mencionou. Foi destacado também os fundamentos da política nacional de recursos hídricos, sendo o primeiro fundamento o dever de sempre proporcionar o uso múltiplo das águas. Outra determinação citada na fala do representante da ANA é a prioridade do uso para consumo humano e dessendentação animal em caso de escassez.
 
A palestra trouxe também indicadores de relativa escassez de água no Semiárido, bem como alternativas complementares para o Nordeste, as quais vão desde obras como a transposição do Rio São Francisco até cisternas, barragens, etc, nomeadas de tecnologias de Convivência com a Seca no Atlas Nordeste elaborado pela ANA. “Nós temos diferentes tecnologias, diferentes tipos de obras compatíveis, não se pode entender que apenas uma cisterna de 16 mil litros seja universlização da água”. Dalvino rforça a necessidade da integração das tecnologias de aproveitamento da água para os diferentes fins e escalas e afirma: “Não é o objetivo principal do projeto de integração das bacias [Transposição do Rio São Francisco] atender as demandas das comunidades difusas, o objetivo principal é atender as cidades pequenas, médias e grandes. Para população rural “eu só vejo essa tecnologia: trabalhar com agua de chuva com diferentes lógicas e capacitação, porque historicamente em diversos países todos trabalham, inclusive em áreas urbanas”.
 
A participação da ANA aconteceu na tarde do segundo dia do evento após o público ter assistido palestra ministrada pelo Dr. José Arturo Espindola (IRCSA/México) que apresentou alguns sistemas de captação, aproveitamento e manejo de água de chuva no México.
 
Leia mais sobre o 8º Simpósio Brasileiro de Captação e Manejo de Água de Chuva
 

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Para área rural “só vejo essa tecnologia: trabalhar com agua de chuva”, diz Diretor da ANA

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005