IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Mais de 10 mil pessoas farão protesto nesta terça-feira em Petrolina (PE)

Mais de 10 mil pessoas farão protesto nesta terça-feira em Petrolina (PE)

Cerca de 250 caravanas, uma média 12 mil pessoas, estão vindo de todos os estados do Nordeste e do Norte de Minas Gerais para realizarem protesto contra a decisão do Governo Federal de não mais continuar com convênio com a Articulação do Semi-Árido (ASA) para execução de programas de construção de cisternas e implantação de outras tecnologias que garantem acesso a água e formação social.

A manifestação acontecerá na manhã desta terça-feira (20) na praça da catedral de Petrolina (PE). O objetivo é chamar atenção do Governo, em especial o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), exigindo que seja restabelecida a parceria com a ASA, organização da sociedade civil que hoje reúne mais de mil entidades dos nove estados do Nordeste e do Norte de Minas Gerais.

As organizações que compõem a ASA decidiram pela mobilização em massa como uma estratégia de tornar público o impacto desta decisão na vida de milhares de pessoas do Semiárido brasileiro que vem sendo beneficiadas por Programas como o P1MC (Programa Um Milhão de Cisternas) e P1+2 (Programa Uma Terra e Duas Águas), ambos executados por entidades que integram a ASA, a exemplo de ONG’s, entidades comunitárias, religiosas, sindicais, etc. Esses dois programas são considerados as mais importantes iniciativas que garantem o acesso à água para o consumo humano e para produção e ao longo dos anos tem contribuído com a desconstrução da imagem do Semiárido como um lugar de miséria, inviável, onde as famílias não podiam ter qualidade de vida.

O que o Governo propõe?

O Governo Federal, até então parceiro da ASA, agora vai priorizar uma das metas do Plano Brasil Sem Miséria, que prevê a construção de 300 mil cisternas de plástico PVC. A parceria agora passa a ser feita com estados e municípios, excluindo a sociedade civil organizada do processo de execução. A sugestão dada pelo Ministério do Desenvolvimento Social é que a ASA negocie sua ação em cada um dos estados contemplados a fim de que continue sendo uma das organizações que difunda o uso da cisterna para garantir o acesso a água no Semiárido.

Contudo, no entendimento da ASA o que deve ser considerado não é apenas o cumprimento de uma meta, mas sim a qualidade desta oferta. De acordo com representantes da Coordenação Executiva, trata-se de uma estratégia que inviabiliza todo um processo produtivo e pedagógico que ao longo dos anos vem apresentando excelentes resultados. As cisternas de plástico tem um custo maior e durabilidade muito menor que as cisternas construídas pelo P1MC e P1+2; a construção será feita por empresas, excluindo a possibilidade de geração de renda para as comunidades, como acontece com as cisternas de placas que são construídas por pedreiros/as das comunidades rurais. A saúde, a segurança alimentar e nutricional, a educação e outros aspectos presentes na metodologia de trabalho da ASA também seriam desconsiderados na nova forma de distribuir cisternas, que se mostra como mais uma estratégia de manutenção da chamada “indústria da seca”.

Na mobilização deste dia 20 de dezembro haverá também apresentações culturais, com a presença de poetas e cantores populares, cordelistas, encenações teatrais, além da participação de representantes das organizações dos estados e das famílias que tem melhorado suas condições de vida a partir da contribuição destes programas que são parte de um processo de transformação social agora ameaçado pela decisão do governo federal.

 

Contatos Assessoria de Comunicação

 

Vinicius Gonçalves (IRPAA): (74) 9991-3949/ 8822-7675

Verônica Pragana (ASA): (81) 9772-2882

Catarina de Angola (Centro Sabiá): (81) 9661-7405

Elka Macedo (CAATINGA):  (87) 9961-9414

Raimundo Fábio (IRPAA): (74) 8103-7085/ 8813-8784

Érica Daiane (IRPAA): (74) 8811-2998/ 9979-0236 / 9105-1288

Mariana Mazza (ASA): (81) 8629-2788

Mariana Landim (Chapada): (81) 9992-4878/ (87) 9110-7160

Fernanda Cruz (ASA): (81) 9732-6543


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Mais de 10 mil pessoas farão protesto nesta terça-feira em Petrolina (PE)

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005