IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

"O Rio São Francisco e as águas no sertão" - Livro fotográfico será tema de debate em Juazeiro

 

No próximo dia 18, sábado, a partir das 17:30, o canto de Tudo do DCH III/UNEB, em Juazeiro, recebe o fotógrafo João Zinclar para um bate-papo sobre sua trajetória no trabalho de registro fotográfico do Rio São Francisco. Zinclar lançou recentemente o livro “O Rio São Francisco e as águas no sertão”, um ensaio que reúne fotos tiradas ao longo de viagem pelo Velho Chico no intervalo de cinco anos.
 
Na oportunidade, o fotógrafo, que diz que a “água é um bem comum e não pode ser privatizada”, irá falar dos caminhos percorridos até o lançamento do livro, discutindo o atual cenário do qual o rio faz parte e a função da imagem fotográfica no fortalecimento das lutas sociais.
 
A atividade contará com a participação de entidades como CPT (Comissão Pastoral da Terra) e IRPAA (Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada) e é aberta à estudantes, professores, movimentos sociais, meios de comunicação e comunidade em geral.
 
 
É gratificante colocar minha fotografia a serviço da luta do povo”
 
No livro, as imagens, intercaladas com frases e dados sobre a Bacia, expressam a riqueza natural do rio da integração nacional, a cultura do povo ribeirinho, como também as lutas contra as injustiças sociais que os aflige.
 
A evidência da diversidade natural, cultural, social, econômica e política é apresentada a partir de um conjunto de 192 fotografias. A abordagem política permeia a obra, que é fruto de um anseio em divulgar a vida do rio, das pessoas que dele dependem, os impactos provocados pela ação humana em todas as suas dimensões e a força dos povos ribeirinhos que seguem firmes nas lutas contra os grandes projetos que avançam em nome de um pseudo desenvolvimento, a exemplo da transposição das águas do Velho Chico.
 
Zinclar reforça a intencionalidade política da obra destacando que o fato do Rio São Francisco ser um rio nacional “o debate acerca do futuro de suas águas deveria ser nacionalizado. Senti necessidade de dar minha contribuição através da fotografia, a imagem sempre ajuda a informação”, sinalizou em entrevista publicada recentemente em alguns sites.
 
Muitas das fotos contidas no livro já foram usadas em produções jornalísticas, assim como foram também expostas em museus, praças, eventos e outros espaços que se propuseram a discutir a realidade do Rio São Francisco e da população que, indispensavelmente, depende dele para viver.
 
Ex-metalúrgico, militante de partido de esquerda e do movimento sindical, “o fotógrafo do Rio São Francisco”, como é chamado por alguns, contou com importante apoio do sindicato dos metalúrgicos de Campinas-SP, de uma gráfica e pessoas amigas que se dispuseram a colaborar com a concretização de mais um instrumento que, além de registro histórico, é um a valiosa fonte de informação para o debate acerca das questões ambientais, políticas e sociais presentes na realidade atual do Rio São Francisco.
 
 
 

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

"O Rio São Francisco e as águas no sertão" - Livro fotográfico será tema de debate em Juazeiro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005