IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Educação Contextualizada e Direito à Comunicação são discutidas no 23º Encontro Baiano de Estudantes de Pedagogia

Educação Contextualizada e Direito à Comunicação são discutidas no 23º Encontro Baiano de Estudantes de Pedagogia

A relação indissociável entre a educação e a comunicação fez parte das discussões do 23º Encontro Baiano de Estudantes de Pedagogia - EBEPe, realizado entre os dias 12 e 15 de novembro no Departamento de Ciências Humanas, do Campus III da UNEB, em Juazeiro.

Com a participação de, em média, 300 estudantes de Pedagogia de Universidades Públicas e Privadas do Estado da Bahia, o evento trouxe como tema “Políticas Públicas para a Educação e os Movimentos Sociais: articulando uma pedagogia de possibilidades”. A partir desta temática, conteúdos muitas vezes pouco explorados nos currículos dos cursos foram abordados em mesas e grupos de discussão, rodas de diálogos e oficinas, em sua maioria mediadas por representantes de Organizações Não Governamentais e Movimentos Sociais Populares que já discutem e desenvolvem ações relacionadas ao tema.

De acordo com o Presidente do Diretório Acadêmico de estudantes de Pedagogia do DCH III, João Carlos dos Santos, a importância do tema do encontro justifica-se porque “a pedagogia adentra todos os espaços e os movimentos sociais tem influenciado a construção das políticas públicas”. Neste contexto, a formação do/a profissional de educação deve contemplar uma visão conjuntural da sociedade, pensamos formas de atuação e intervenção na mesma. “O pedagogo hoje tem um leque de atuação, uma diversidade de possibilidades”, destacou o representante estudantil.

Alguns temas discutidos foram apontados como novidades para muitos estudantes. A Educação Contextualizada ao Semiárido, por exemplo, já bastante debatida nas escolas e universidades da região norte da Bahia ainda era desconhecida de muitos participantes, sobretudo as/os que estão na capital do estado. Educadores/as que defendem esta proposta puderam contribuir de forma significativa com o debate, apontando, inclusive, experiências que se desenvolveram a partir de espaços não-formal de educação e hoje já contam com o reconhecimento e adesão dos poderes públicos de algumas cidades da região, conforme mencionou a pedagoga Alaíde Régia que representou o Irpaa em um dos espaços de formação.

 

Educomunicação

A importância da Comunicação como instrumento capaz de disseminar uma nova visão do lugar em que se vive foi também destaque no encontro. A relação entre as duas áreas, comunicação e educação, como campo prático-teórico capaz de provocar mudanças concretas na sociedade e de mediar, inclusive, a construção das políticas públicas, estimulou o público participante a pensar sobre a função social da escola e dos meios e instrumento de comunicação, reconhecendo a incidência destes no cotidiano das pessoas, chegando a influenciar ou até determinar a chamada opiniãopública. “A comunicação tem que ser utilizada por nós educandos e educadores para difundir e divulgar o contexto de cada região. São temas novos, mas a discussão ajudou muito pra termos a consciência da necessidade de dá importância as necessidades de nossas regiões, para uma educação melhor, visando a qualidade”, comentou Elisângela da Silva, estudante da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB, Campus Vitória da Conquista.

A Educomunicação é um campo de estudo e de intervenção social que vem sendo estudado e posto em prática no Brasil desde meados da década de 1990, a partir de referenciais de uma educação libertadora e uma comunicação democrática e popular. O Fórum de Comunicação Sertão do São Francisco, organização social que reúne entidades da sociedade civil e militantes desta área, trouxe para o 23º EBEPe a discussão deste conceito e a apresentação de experiências desenvolvidas na região do Território Sertão do São Francisco como forma de estimular a ação educomunicativa mediada pelos/as participantes do Encontro.

O 23º contou também com apresentação de trabalhos inscritos pelos/as estudantes e com atividades culturais, a exemplo de encenações teatrais, apresentações de dança e de músicos da região. O evento, que encerra nesta terça (15) com a realização da Plenária Final, conta com representação de Universidades como UNEB, UESB, UEFS, UFBA, UCSAL, FACE, Universidade da Cidade, entre outras instituições de ensino superior existentes no estado.


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Educação Contextualizada e Direito à Comunicação são discutidas no 23º Encontro Baiano de Estudantes de Pedagogia

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005