IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Organização Social é fortalecida em atividade de Ater

Organização Social é fortalecida em atividade de Ater

 

Organização social e manejo de solo foram algumas das temáticas da atividade coletiva que reuniu as comunidades Brejo da Capoeira, Brejo Dois Irmãos, Brejos Carrascos, Brejo Pequi, Brejo do Urubu, Brejo da Serra e Brejos Jatobá, comunidades localizadas no interior de Pilão Arcado, na Bahia. A atividade aconteceu na Comunidade de Brejo de Dois Irmãos, nos dias 21 e 22 desse mês, com a presença de agricultores/as, lideranças comunitárias, jovens, crianças e equipe do Irpaa, instituição que executa o programa de Assessoria Técnica e Extensão Rural- Ater no município.

O debate sobre as riquezas naturais e potencialidades presentes nas comunidades dos Brejos também esteve presente durante a atividade, ressaltando a importância do associativismo e cooperativismo na luta pela organização da produção para comercialização da cachaça, da rapadura, do buriti e seus derivados que são produzidos nas comunidades de forma individual. O encontro destacou ainda a necessidade do manejo ecológico do solo, protegendo o solo com coberturas e adubação natural, evitar queimadas, entre outras ações. Victor Leonam, colaborador do Irpaa e facilitador do debate na conservação do solo e nas práticas agroecológicas, pontua que após um diálogo com a comunidade foi possível diagnosticar que o trabalho acontece de forma totalmente agroecológica, "totalmente orgânico, sem nenhum produto químico” afirma.

O técnico Jailekson dos Santos assessora as famílias das comunidades do Brejo e diz que as temáticas debatidas na atividade partiram de provocações da própria comunidade. Ele ainda destaca que a atividade contou com a presença de agricultores e agricultoras que não são acompanhadas de forma direta pelo Irpaa, mas que ele busca envolver essas famílias no debate da Convivência com o Semiárido. “Não adianta apenas eu falar com duas ou três famílias que são acompanhadas pelo Ater ou em uma ou duas comunidades do Brejo”, pontua Jaileskson.

Para Eliane das Virgens Souza, moradora do Brejo Dois Irmãos, o encontro vai fortalecer a ideia de união da comunidade e diz que a partir das ações do Irpaa a comunidade tem participando dos momentos e espaços de reuniões na associação, “no início quase não vinha ninguém, agora já vem mais, acho que ele [Jailekson] já conseguiu falar mais a respeito da organização social”. Além dos debates, a atividade contou com a noite cultural, com a sessão de filme, intervenção artística, recital de cordéis, interação com o público dialogando sobre o 25 anos do Irpaa trabalhando pela Convivência com o Semiárido.

As/os participantes também pontuaram algumas das dificuldades presentes nas comunidades, a exemplo do difícil acesso às estradas, o que dificulta o escoamento dos produtos oriundos da comunidade, o acesso à educação de qualidade e contextualizada. Para Ariston Marques da Silva, morador do Brejo da Serra, uma das suas preocupações é o acesso à terra, muitas das comunidades dos Brejos são comunidades de Fundo de Pasto e ainda não tem seus direitos pela permanência na terra garantidos por lei. “Debater o beneficiamento e comercialização é importante, mas antes é preciso garantir o direito à terra e isso me preocupa muito”, afirma Ariston.

Texto e foto: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Organização Social é fortalecida em atividade de Ater

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005