IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Irpaa avança nas metas do Programa Uma Terra e Duas Águas

Irpaa avança nas metas do Programa Uma Terra e Duas Águas

Através de um conjunto de ações que vem mobilizando centenas de comunidades rurais dos municípios baianos de Curaçá, Canudos, Juazeiro, Jaguararí, Sobradinho e Uauá, o Irpaa conseguiu até o final de 2009 um excelente avanço no cumprimento das metas do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2). Nesses municípios foram construídas um total de 260 (duzentas e sessenta) Cisternas Calçadão.

O Irpaa é a entidade gestora do programa na região desde maio de 2008 quando começaram os primeiro cadastramentos das famílias contempladas principalmente com as Cisternas Calçadão que tem a capacidade de armazenar 52 mil litros de água de chuva usados na produção de verduras e hortaliças. Nesse período, o Irpaa executava as metas do Termo de Parceria 01, que na época, incluía também o município de Abaré.

O P1+2 é mais um programa da Articulação do Semiárido (ASA) e conta com o apoio da Codevasf e do Ministério do Desenvolvimento Social e atualmente está sendo executado de acordo às normas do Termo de Parceria Nº 02 - firmado entre a ASA e os citados órgãos do governo, nessa fase, está previsto a construção de um total 185 cisternas.

Além das cisternas, o programa visa implementar ou contribuir para o melhoramento de outras fontes de água como barragens subterrâneas e tanques de pedras,  também conhecidos na s comunidades rurais com “caldeirões”. Há ainda, um trabalho de instalações Bombas D’água Populares (BAP) em alguns poços artesianos nas comunidades.

Para alcançar a meta de 260 cisternas construídas, o Irpaa contou com a contribuição das comissões municipais da ASA, articulou encontros de capacitações com os pedreiros responsáveis pelas as construções, e promoveu várias formações acerca do uso das cisternas incentivando a produção orgânica de alimentos na perspectiva de contribuir para o melhoramento da renda e da segurança alimentar dessas famílias.

 

Nos seis municípios está assim a distribuição das cisternas construídas pelo P1+2 de acordo com essa nova fase do programa:

Curaçá: 30 cisternas -  Juazeiro: 26 cisternas  -   Canudos:25 cisternas -  Jaguarari:12 cisternas – Sobradinho:14 cisternas

Observação:

Em Uauá cuja meta é construir 30 cisternas, o trabalho de implementação prever ao cumprimento desta meta até o final de fevereiro de 2009.

No geral, o programa deve construir nos seis municípios, um total de 185 cisternas, 04 barragens subterrâneas, e a instalação de 08 Bombas D’água. É importante lembrar que junto com as tecnologias o P1+2 leva também todo um conjunto de informações que ajudam a viabilizar a produção e a vida do povo através dos conteúdos que formam a Proposta de Convivência com o Semiárido, tão divulgada e implementada por organizações assim como o Irpaa.


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Irpaa avança nas metas do Programa Uma Terra e Duas Águas

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005