IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Vazão do Rio São Francisco é reduzida

Vazão do Rio São Francisco é reduzida

Em decorrência da longa estiagem no Nordeste, desde o último sábado, 4, a vazão do Rio São Francisco está reduzida, ficando abaixo do mínimo de 1.300m3/s.

De acordo com a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), o Ibama e a Agência Nacional de Águas (ANA) concederam autorização especial, em abril e, no último dia 2, em Brasília (DF), em reunião envolvendo entidades que atuam na Bacia do São Francisco, foi autorizado o início da operação da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), responsável pelas usinas hidrelétricas na Região.

Em Sobradinho (BA), a vazão ficará em 1.300 m3/s. Em Xingó (AL/SE), até o próximo dia 10, a vazão será de 1.200m3/s. Após essa data, ficará em 1.100m3/s.

O superintendente de Operação da Chesf, João Henrique Franklin, afirmou que essa é uma medida importante para elevar o nível dos reservatórios, permitindo assegurar o uso múltiplo das águas nos próximos meses, tendo em vista as perspectivas de poucas chuvas.

Texto: Redação O POVO Online

Foto: Acervo Irpaa

 

Leia mais sobre o assunto:

Redução do nível de rio compromete abastecimento em várias cidades


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Vazão do Rio São Francisco é reduzida

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005