IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Usos da água do São Francisco foi destaque em reunião Câmara Consultiva do CBHSF

Usos da água do São Francisco foi destaque em reunião Câmara Consultiva do CBHSF

No último dia 24, a cidade de Cana Nova (BA) sediou reunião da Câmara Consultiva do Submédio, instância que é parte do Comitê de Bacia Hidrográfica do São Francisco - CBHSF. Na oportunidade, os membros do Comitê puderam expor posições acerca de alguns pontos de pauta previamente estabelecidos, bem como houve espaço para a plenária se manifestar.

Um dos temas mais discutidos foi a redução da vazão do lago de Sobradinho e Xingó, ação autorizada pela Agência Nacional das Águas - ANA no último dia 08. O CBHSF lançou nota de repúdio apontando que haverá “consideráveis impactos ao meio ambiente e aos usuários e populações, sobretudo do Submédio e do Baixo São Francisco”, diz a nota.

A redução das vazões é resultado de uma demanda apresentada pelo setor elétrico, através do Operador Nacional de Sistema – ONS e, segundo o Comitê, a ANA não levou em conta os prejuízos que isso causa aos demais usos que é feito da água, como por exemplo o abastecimento da população e a pequena irrigação. Para Carlos Eduardo, um dos representantes da sociedade civil no CBHSF esta decisão "ocorre sem que tenha tido uma negociação com a população na questão de se cobrir os impactos na vida das pessoas", lamenta.

No período de 2007/2008 a ANA também autorizou a redução da vazão do reservatório de Sobradinho e assim como desta vez a intenção era atender o setor elétrico, conforme denunciaram os membros do Comitê na reunião. "Quem paga a conta? A Chesf diz que não é ela", questiona Carlos Eduardo que integra a ONG Canoa de Tolda no estado de Sergipe, região do Baixo São Francisco. O presidente da Associação dos Barqueiros da Ilha do Rodeadouro, Israel Barreto, externou sua preocupação, temendo que a baixa do Rio possa comprometer a navegabilidade no acesso à Ilha que fica situada em áreas dos municípios de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE).

Além deste assunto, pescadores, educadores/as, militantes sociais e outros membros do Comitê chamaram atenção para os diversos impactos que o Velho Chico vem sofrendo. O lançamento de esgotos urbanos diretamente no rio, o uso desordenado da água para irrigação e outros projetos voltados para o agronegócio, a morte dos afluentes, e os futuros projetos de retiradas de água são alguns elementos que preocupam hoje os ribeirinhos.

A Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba - Codevasf e a Companhia Hidroelétrica do São Francisco - Chesf foram convidadas, porém não compareceram para falar dos temas que as mesmas tem intervenção direta.

Visita ao Rio

No segundo dia da reunião, o grupo percorreu o trecho do Rio São Francisco partindo do Porto de Chico Periquito, em Sobradinho, até a Ilha do Rodeadouro. No percurso, diversas irregularidades foram percebidas, a exemplo de construções na beira do rio, queimadas, lixo, retiradas de água irregulares até recomposição da mata ciliar feita com plantio de eucalipto.

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Usos da água do São Francisco foi destaque em reunião Câmara Consultiva do CBHSF

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005