IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Famílias camponesas permanecem fora do Perímetro Irrigado de Ponto Novo

Famílias camponesas permanecem fora do Perímetro Irrigado de Ponto Novo

Cerca de 40 famílias do Acampamento Terra Nossa estão desde o dia 22  (terça) alojadas em uma casa de mel e barracos de lona à margem da BR 407, próximo ao Perímetro irrigado de Ponto Novo (BA). Esta situação é decorrente de uma ação de despejo conduzida pela Polícia Militar da Bahia, ação esta que destruiu plantações de feijão, milho, mandioca, melancia, abóbora, batata doce, dentre outros alimentos que garantiam o sustento das famílias acampadas nos lotes do perímetro, além de cercas e 39 casas que também foram derrubadas. De acordo com uma das acampadas, Elenita Brasileiro Ribeiro, só ficou um galpão que estava sendo construído para as reuniões e demais atividades do acampamento.

Representantes do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA) estão em contato com a justiça para que seja autorizada a perícia nos lotes 54 e 65, locais onde houve a destruição, mas, segundo um dos integrantes do movimento, até o final desta tarde não houve nenhum retorno.
 
De acordo com nota assinada por entidades e enviada à Comarca de Campo Formoso, este acontecimento “é mais um capítulo de uma história de resistência e luta de agricultores(as) e camponeses(as) que teve início com a construção da barragem no rio Itapicuru e posterior implantação de um projeto de irrigação”. Para implantação de tal projeto o Estado concedeu gratuitamente as terras que eram dos/as agricultores e agricultoras da região para empresários que ali investiriam em projetos de irrigação “voltados para o mercado, em prejuízo da subsistência das famílias que ali viviam”, diz a nota.
 
O MPA também divulgou nota que explica o fato e cobra do Estado e do Governo a fiscalização das irregularidades que ocorrem no perímetro oriundas da ação de empresários que, segundo o movimento, "inclusive envenenam a água que é distribuída aos municípios da região”.
 

Foto: Divulgação
 

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Famílias camponesas permanecem fora do Perímetro Irrigado de Ponto Novo

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005