IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Projeto de Assessoria Técnica inicia aplicação de diagnóstico nas Unidades Produtivas Familiares

Projeto de Assessoria Técnica inicia aplicação de diagnóstico nas Unidades Produtivas Familiares

“A realização do diagnóstico inicia com uma caminhada transversal na unidade de produção da família, juntamente com os membros da família, conhecendo as estruturas existentes, a criação de animais existentes, as culturas que são plantadas”, descreve Daiane de Souza Dantas, colaboradora do Irpaa, que atua como técnica no projeto Ater Agroecologia. A aplicação dos diagnósticos é uma das etapas de execução do projeto e tem como objetivo coletar informações dos agroecossistemas, desde dados acerca do quanto se produz, o quê e quanto se comercializa até os aspectos socioeconômicos, ambientais e fundiários.

Daiane reforça que, além das análises feitas sobre a dimensão produtiva, a aplicação do diagnóstico possibilita visualizar também outras questões, que são desde o nível de envolvimento de toda a família na produção e comercialização, como a participação da mulher e do jovem nestas relações produtivas. “A aplicação do diagnóstico vai nos subsidiar, nos dar um norte para a elaboração do plano produtivo, que é uma outra atividade que faz parte do projeto”, acrescenta Daiane, destacando que a partir do que foi identificado no diagnóstico, será possível elencar temas prioritários para o trabalho desenvolvido junto a família ao longo da execução do projeto.

Da comunidade Caiçara, município de Juazeiro, a agricultora familiar Maria Neves dos Santos, ressalta a importância do acompanhamento técnico realizado pelo Irpaa, e avalia como muito positiva a implementação do projeto em sua comunidade. “Aqui na nossa comunidade como nós temos o apoio da equipe do Irpaa, nos ajuda bastante, pois precisamos de um técnico nos acompanhando sim.(…) quando eles chegam e vão nos orientar a fazer um feno, uma forragem, já é uma ajuda”, conta Maria.

Ela também acrescenta que um instrumento que tem sido muito positivo, e tem ajudado ela no seu planejamento produtivo, é a Caderneta Agroecológica que ela tem utilizado a partir das orientações de registros. A agricultora diz que a implementação do projeto vai possibilitar um incremento na renda. “Como eu trabalho com hortaliças, a minha renda vai melhorar bastante, meu plantio de coentro e pimentão só vai crescer”, afirma Maria, que nesta semana teve sua propriedade visitada e o diagnóstico aplicado.

O projeto é financiado pelo Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e a Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), atuando nos municípios de Uauá, Curaçá, Casa Nova, Pilão Arcado, Juazeiro e Remanso. Este projeto, que iniciou em setembro de 2020 e segue até setembro de 2022, está assessorando 540 famílias de 24 comunidades, e tem como objetivo de desenvolver iniciativas agroecológicas de Convivência com o Semiárido e valorização dos saberes locais.


Texto: Eixo Educação e Comunicação / Foto: Eixo Produção Apropriada  


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Projeto de Assessoria Técnica inicia aplicação de diagnóstico nas Unidades Produtivas Familiares

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005