IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Ações do projeto Ecoforte contribuem na organização socioprodutiva das famílias do território Sertão do São Francisco

Ações do projeto Ecoforte contribuem na organização socioprodutiva das famílias do território Sertão do São Francisco

Iniciada em abril de 2019, a segunda etapa do projeto Ecoforte teve como objetivo fortalecer a rede Central da Caatinga, através de doação de equipamentos de beneficiamento e comercialização dos produtos da Agricultura Familiar e da Economia Solidária. Em continuidade à primeira etapa, que iniciou em 2016, este segundo momento do projeto contou com a realização de seminários, cursos, visitas técnicas, além da aquisição e entrega de máquinas e utensílios para as 20 associações participantes.

“Eu avalio o projeto Ecoforte como essencial na construção do processo social e de produção da Amafe, criando um ambiente onde as possibilidades de formação, do crescimento, do conhecimento, ajudando no melhoramento da produção e de serviço, como também na formação pessoal nos diferentes aprendizados necessários”. São com essas palavras de alegria e reconhecimento do trabalho, que a agricultura familiar Cristiane Ribeiro da Silva, que faz parte da Associação das Mulheres em Ação da Fazenda Esfomeado – Amafe, onde também é secretária, fala sobre a importância da segunda etapa do projeto EcoForte, tanto para ela, quanto para mais 12 mulheres que atuam na produção de biscoitos derivados da mandioca e geleias.

Segundo Gizeli Maria, coordenadora do projeto, o maior desafio para a execução desta segunda etapa foi a pandemia do coronavírus. “Parte do projeto eram os encontros, as visitas aos empreendimentos e as formações, e aí com o isolamento social por causa da pandemia, nós tivemos que suspender as atividades, tanto para proteger as famílias, como a equipe do projeto”, destaca Gizeli. Ela acrescenta que devido a situação foi solicitado aditivo de prazo à Fundação Banco do Brasil, entidade financiadora, e com isso foi possível realizar a aquisição e entrega dos equipamentos.

Ainda durante a pandemia houve também a adoção de estratégias de articulação e mobilização das famílias envolvidas diretamente nos empreendimentos para que não houvesse uma paralisação das atividades. O atendimento remoto às famílias e o apoio na elaboração dos editais emergenciais disponibilizados pelo governo do estado, foram fundamentais para garantir o escoamento da produção estocada de muitos grupos. “Uma forma de participação no projeto foi a comunicação pelas redes sociais, telefone, whatsapp. Onde os empreendimentos solicitavam as demandas e a equipe do projeto fazia as orientações”, enfatiza Gizeli.

Em Remanso, a Associação de Pescadoras e Pescadores de Remanso – APPR, uma das associações contempladas pelo Ecoforte, teve seu potencial produtivo fortalecido após a chegada de novos equipamentos, o que possibilita gerar mais renda para as mulheres beneficiadoras do pescado, como no aspecto social, contribuindo na organização das mulheres pescadoras como destaca Lucilia Freitas, presidenta da APPR. “O projeto vem sempre chegando na hora certa e ajudando o grupo com esses equipamentos, que são super importantes para ajudar na produção. A gente espera continuação e que ajude a abrir o entendimento dos grupos sobre a organização”, ressalta ela.


As ações do projeto encerrarão em março de 2021 e até lá continuará realizando a entrega de equipamentos como computadores, balanças, bebedouros, utensílios de cozinha, EPI’s, toldos e barracas, beneficiando diretamente 150 agricultoras e agricultores familiares.

Texto: Comunicação Irpaa / Foto: Acervo Irpaa
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Ações do projeto Ecoforte contribuem na organização socioprodutiva das famílias do território Sertão do São Francisco

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005