IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto de Canudos denunciam destruição causada à Caatinga

Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto de Canudos denunciam destruição causada à Caatinga

Preocupadas com os impactos negativos à Caatinga, as Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto de Raso e Rosário, no município de Canudos – BA, lançam nota denunciando os crimes cometidos e exigindo providências.

Leia a nota abaixo:

Caatinga de Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto de Raso e Rosário estão sendo destruídas e comunidades exigem providências

Responsáveis por preservar a mata nativa por séculos, através do seu modo tradicional de viver, às famílias das Comunidades de Fundo de Pasto de Raso e Rosário, em canudos - BA, estão enfrentando dias de terror. As comunidades estão presenciando maquinários abrindo acesso (variantes extensos), suprimindo a vegetação e soterrando o extrato herbáceo das áreas coletivas. O crime ambiental vem ocorrendo há alguns dias e tem provocado a devastação da caatinga, destruindo espécies nativas já ameaçadas como umburana, sussuarana, umbuzeiro e outras que constituem o bioma.

O desmatamento dessas árvores afeta a preservação não só do bioma, pois também põe em risco de extinção diversas espécies, como as abelhas nativas, responsáveis pela polinização da caatinga. Os prejuízos são incalculáveis tanto para fauna e flora da região, como para as comunidades que fazem o uso sustentável da área, através do extrativismo e criação de pequenos animais. Uma vez destruído, é muito difícil ou improvável a recuperação dessas áreas.

A área, que vem sofrendo com esse crime ambiental, é utilizada há centenas de anos pelas famílias das comunidades, em regime de uso comum para o criatório. Há muitos anos as comunidades tem processo aberto na Coordenação de Desenvolvimento Agrário- CDA para a garantia do território coletivo. Trata-se de comunidades certificadas como comunidades tradicionais de fundo de pasto pelo estado da Bahia, desde 31 de janeiro de 2018.

As comunidades repudiam esse crime ambiental e exigem respeito pelas famílias, o modo de vida e território tradicional, e pedem aos órgãos públicos providências imediatas para frear esta destruição, punir os responsáveis por essa invasão e desrespeito ao território das comunidades tradicionais.

Texto e Foto: Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto de Raso e Rosário.


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto de Canudos denunciam destruição causada à Caatinga

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005